sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

2013: um ano marcante


Relembre os principais fatos do ano

 
A visita do Papa ao Brasil foi um dos pontos altos do ano

            Fazer uma lista dos fatos marcantes de um ano pode parecer fácil, mas a coisa não é bem assim. Principalmente em um ano como 2013, que teve muitos, mas muitos mesmo, momentos importantes e históricos. O ano começou e terminou tendo o caso do mensalão como o assunto principal, superando até mesmo a paixão dos brasileiros pela copa.
            Afinal, o trabalho do Ministério Público, da Polícia Federal e do Supremo Tribunal Federal está revertendo a máxima de que rico não vai preso. Vai preso sim; pode demorar, mas vai!
            Reflexos desse trabalho puderam ser sentidos em nossa região, quando o MP, mais especificamente o GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), desencadeou no final de 2012 a Operação Atenas, investigando desvio de dinheiro do Hospital Regional de Itapetininga e de hospitais em cidades como São Miguel Arcanjo, na região. Onze pessoas chegaram a ser detidas em 2012, uma delas com um milhão de reais em dinheiro vivo, guardado na casa. A operação teve novos desdobramentos no final do ano passado, com o GAECO denunciando 61 pessoas.
            2013 foi um período de muita agitação social. Não apenas no Brasil, mas em várias partes do mundo. O egito é um exemplo disso. E a Guerra Civil na Síria continua, apesar dos esforços da comunidade internacional que, por outro lado, viu com bons olhos a aproximação entre os Estados Unidos e o Irã.
            Aqui no Brasil, nos chocamos com crimes que desafiam uma explicação lógica: o garoto Marcelo Pesseguini matou a tiros os pais, a avó e a tia-avó, suicidando-se em seguida. O crime ocorreu em agosto, em São Paulo. Mais recentemente, outro caso chocou a opinião pública; o do padrasto que jogou o enteado em um rio, na cidade de Ribeirão Preto.
            Histórias que nos levam a questionar para onde caminha a humanidade, se é que caminha...pois uma espécie que começa a matar seus próprios filhos fatalmente está condenada à extinção.
 
Mudanças
O ano de 2013 será lembrado como um período de profundas mudanças não apenas no Brasil, mas no mundo. Em nosso país, um dos fatos mais marcantes foi a onda de protestos iniciada no meio do ano e que se desvirtuou quase que totalmente, desembocando em ações de vândalos, muitas vezes criminosos ligados ao crime organizado.
            As manifestações pacíficas – e legítimas – reivindicando melhorias no transporte público, na saúde, educação e contra a corrupção, cederam espaço para atos de puro banditismo. O direito à livre expressão é um dos pilares do estado democrático, mas se manifestar não significa quebrar tudo o que encontra pela frente. Os vândalos não podem ser tolerados e as autoridades já estão endurecendo as ações contra esses criminosos.
            Em 2013, o Supremo Tribunal Federal esteve por diversas vezes no centro de debates acalorados, envolvendo os mais diversos temas, alguns de repercussão nacional. O novo julgamento dos réus do mensalão foi um dos assuntos mais debatidos. Embora houvesse grande pressão popular em sentido contrário, a mais alta corte do país entendeu que alguns dos condenados tinham direito a um novo julgamento, o que está previsto no regimento interno do STF.
            Também neste ano, o Brasil recebeu a visita do papa Francisco, que visitou o país em sua primeira viagem oficial para participar da Jornada Mundial da Juventude, o primeiro dos grande eventos que o Brasil sediará. A simplicidade e o carisma do pontífice conquistaram a todos e suas mensagens chamaram a atenção de muita gente, principalmente os jovens.
            No esporte, a Copa das Confederações deu um gostinho de como será a Copa do Mundo em 2014. E a seleção brasileira caiu nas graças do povo novamente, principalmente graças ao talento de Neymar e o comando de Luis Felipe Scolari. Mas nem só de futebol vive o Brasil, como mostrou o atleta Arthur Zanetti ao conquistar a medalha de ouro em torneio mundial de ginástica, fato inédito na ginástica brasileira. E as meninas do Handball, que sagraram-se campeãs mundiais, fato inédito.
            Mas 2013 também foi um ano de dissabores. A revelação de que agências de segurança dos EUA grampearam telefones, celulares e espionaram países e líderes mundiais, como a presidente Dilma e a chanceler alemã Ângela Merkel caiu como uma bomba no cenário político internacional, manchando a administração de Barack Obama. O presidente americano, aliás, enfrenta vários desafios, inclusive dentro de seu próprio país. A queda de braço com deputados republicanos quase resulta em calote histórico. Por pouco, pouco mesmo, o país mais rico do mundo quase ficou sem dinheiro para honrar seus compromissos. Mas a economia americana dá sinais de recuperação e, segundo analistas, já apresenta crescimento acima do projetado.
            E falando em dinheiro, o leilão do pré-sal foi festejado pelo governo brasileiro. O campo de Libra, na bacia de Santos, deve render mais de um trilhão de reais nos próximos anos. Vamos torcer que esse dinheiro seja realmente revertido em benefício do povo brasileiro. A nota triste do final do ano fica por conta da morte de Nelson Mandela (foto), um dos mais importantes líderes mundiais dos últimos anos, admirado por todos e idolatrado pelos sul-africanos. Aqui no Brasil, Reginaldo Rossi, rei do Brega, partiu para o andar de cima. Já Fernanda Montenegro, a grande dama do teatro brasileiro, consagrou-se internacionalmente ao ganhar o grammy, o oscar da televisão.
            Em nossa Região, o ano foi marcado pelas novas administrações municipais, que, em muitos casos, enfrentam dificuldades. Apesar de tudo, a duplicação da rodovia Raposo Tavares é considerada como um marco e a principal mola propulsora de uma nova era de desenvolvimento, progresso este que deve ser consolidado em 2014.

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Dom Gorgônio fala sobre o tempo do advento

Bispo diocesano manifestou também
preocupação com os grandes eventos de 2014

 
            A igreja católica está vivendo o chamado tempo do Advento, que é a preparação para o Natal, quando os católicos celebram o nascimento de Jesus Cristo. Em entrevista exclusiva para o Marconews, o bispo diocesano Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto (foto) falou sobre o que é o advento e como as pessoas podem se preparar para viver o Natal.
            O religioso comentou ainda as transformações que a igreja tem vivido com o pontificado do Papa Francisco, que vem realizando uma mudança de postura na instituição. Dom Gorgônio manifestou também preocupação com dois grandes eventos que devem ocorrer em 2014 no Brasil: a Copa do Mundo e as eleições presidenciais. Veja a seguir os principais trechos da entrevista.
 
Advento
O tempo do Advento é de preparação
para o nascimento de Jesus Cristo
            “O tempo do Advento é um tempo santo. É um tempo de espera e de preparação para a vinda de Cristo”, afirmou o bispo, que está à frente de uma diocese que abrange 30 municípios, com uma população de mais de 400 mil pessoas. Dom Gorgônio explica que o Natal é “tempo de renovação, de acolher a Deus; por isso precisamos estar preparados e vigilantes. É também um tempo de renovação, alegria e esperança, pois Cristo está vivo”.
            A melhor maneira do católico se preparar para o Natal, segundo o religioso, “é colocar-se na presença de Deus e abrir seu coração para Deus e para os irmãos”. Acolher a palavra de Deus em família, através da Novena de Natal, e vivenciar esta palavra também são passos importantes na preparação para a festa do nascimento de Jesus Cristo.
            O bispo lembra ainda que nesta época, com o ano novo chegando, é a oportunidade que temos para renovar o espírito e procurar “construir um mundo melhor para todos”.
 
Papa Francisco
Sobre as mudanças que o Papa Francisco vem realizando na Igreja Católica, Dom Gorgônio afirmou que “a Igreja vive em continua transformação, sempre buscando novos meios e linguagem para levar a mensagem de Cristo dentro do contexto do mundo hoje. É um esforço contínuo para estar em plena sintonia com a mensagem e passa-la para o mundo”.
O religioso observa que o Papa tem surpreendido com suas atitudes. “O Papa tem insistido muito que nós precisamos de uma nova evangelização. E essa nova evangelização começa com o nosso testemunho de vida”. Para Dom Gorgônio, o pontífice é o grande incentivador da cultura do encontro. “Ele insiste para que a igreja abra suas portas e acolha as pessoas. Não podemos ter medo de ir ao encontro das pessoas”.
Segundo o bispo, o Papa é um grande incentivador de grupos como as pastorais, que possibilitam que as pessoas participem mais ativamente da igreja. “O cristão precisa se integrar; ter uma vida de missão, de participação”, disse Dom Gorgônio.
 
Justiça
            “O mundo hoje tem sede de Deus, de amor, de justiça, de paz, de liberdade e dignidade”, disse Dom Gorgônio, ressaltando que, “por outro lado, existe também a violência, a soberba, a ganância, a corrupção. É um confronto e a gente terá de superar tudo isso com a palavra de Cristo”. Para o religioso, o mundo é desafiador e a própria família enfrenta dificuldades hoje. Por esta razão, segundo ele, a família será o tema do próximo sínodo da igreja católica, programado para 2014. “A família é a base de tudo; da própria humanidade”, afirmou Dom Gorgônio. Para ele, outro grave problema enfrentado pelo mundo na atualidade é o egoísmo. “O egoísmo hoje é muito grande; quando o homem se coloca no centro de tudo, a coisa se degenera”.
            Mas nem tudo é notícia ruim. A Jornada Mundial da Juventude, realizada este ano no Brasil, inclusive com a presença do Papa Francisco, já começa a mudar alguma coisa, na avaliação de Dom Gorgônio. “Os frutos serão colhidos na continuidade dos anos, mas já percebemos um maior entusiasmo entre os jovens, um despertar do espírito missionário”.
 
Campanha da Fraternidade
            Tradicional iniciativa da igreja no Brasil, a Campanha da Fraternidade 2014 abordará um tema muito sério: o tráfico humano. “A comercialização da pessoa humana é uma realidade muito forte no mundo hoje; ela é sequestrada, ludibriada e arrastada para ser usada como objeto sexual ou no tráfico de órgãos”, afirmou o bispo.
            Até mesmo a Copa do Mundo merece atenção especial neste caso. “Muito vêm para assistir ao evento, mas também pode haver interesses escusos”, observou Dom Gorgônio. A preocupação se estende à questão da violência: “a copa é um evento de confraternização, o brasileiro terá de acolher bem o turista, mas há a questão da violência, que está presente em todos os segmentos da sociedade hoje”,
            Como bom brasileiro, Dom Gorgônio considera o Brasil favorito para a conquista do título mundial. Mas o bispo critica os gastos excessivos com o evento. “Alguns dos estádios não serão usados pela população. São como elefantes brancos. O Brasil tem outras prioridades, como saúde e educação”.
            A eleição presidencial do próximo ano também deverá estar entre os assuntos abordados pela igreja. “Incentivar a consciência política e a cidadania é o papel da igreja. O povo tem de saber escolher, levantar suas bandeiras e cobrar responsabilidades dos governantes”, finalizou Dom Gorgônio.

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Carro também precisa de cuidados no verão


Com o forte calor é preciso criar alguns hábitos
para manter o automóvel em boas condições de uso.
 
Antes de viajar, verifique
as condições do motor
O verão chegou e os cuidados devem ser redobrados não só com a saúde do corpo, mas também com automóvel. A chegada das altas temperaturas é um convite para viagens à praia nos fins de semana ou até mesmo nas férias. Mas, para continuar garantindo as boas condições do veículo, é preciso tomar algumas atitudes simples como inserir protetores sanfonados no para-brisa ou utilizar películas protetoras de vidros, mais conhecidas como insulfilm.
Térmicas e isolantes, as películas diminuem o calor dentro do automóvel, evitam o desgaste do estofamento e ainda impedem que os marginais verifiquem o que há no interior do carro. Os protetores também são importantes no verão porque o sol pode ressecar estofados de couro. O mercado dispõe atualmente de produtos que protegem os bancos e podem ser encontrados em lojas especializadas.
Já a pintura, apesar dos veículos, hoje, contarem com o verniz, uma proteção excelente que já vem de fábrica, há polidores que formam mais uma película protetora. Especialistas apontam alguns serviços que podem cuidar da pintura, como o espelhamento, revitalização ou cristalização e podem, inclusive, remover riscos superficiais. Lavar o automóvel maior número de vezes no verão também é recomendado, especialmente, se ocorrer contato com a maresia.
 
Mais cuidados
No verão, as altas temperaturas alteram a calibragem dos pneus. “É preciso ficar atento porque há perda de calibragem nos pneus”, alertam especialistas. Em relação à parte mecânica, especialmente antes de viajar, é aconselhável conferir o nível do líquido de arrefecimento, do óleo do motor e fazer uma manutenção preventiva, verificando velas, bomba d’água, correia e mangueiras.
Na parte externa dos automóveis, as principais preocupações são com as borrachas de fixação dos vidros. A alta incidência do sol e do calor pode ressecar as peças, que tendem a ficar mais propensas a terem furos e rachaduras. Com isso, a vedação da cabine fica comprometida. Em situações de chuvas, podem até ocorrer infiltrações para dentro do carro. O interior do veículo, aliás, também demanda cuidado especial durante a estação. Já falamos do banco de couro, que requer atenção especial, mas existem bancos que usam tecidos de veludo e que precisam de poucos cuidados, como tirar a poeira usando uma escova ou aspirador de pó. E se tiver de deixar o carro no sol por longos períodos, a dica é usar papelão no para-brisa, evitando danos às partes de plástico do painel do carro, causados pelo sol e calor.
Além do sol forte, o verão também é a época do ano em que se mais chove. E nas cidades grandes, as chamadas "chuvas de verão" trazem, como sempre, alagamentos e enchentes. O maior perigo nesse caso é entrar água não só dentro do carro, como em suas partes mecânicas. Nessa situação o indicado é não ligar o motor, pois pode ocorrer o calço hidráulico – entrada de água dentro do propulsor. Deve-se levar o veículo para o mecânico drenar todo o líquido do conjunto. E não tornar o verão um capítulo de férias frustradas.
 
Dicas

# O estepe também pode ser danificado se ficar por muito tempo sem uso e exposto ao calor. A borracha pode trincar.

# É importante colocar aditivo no radiador, tanto no verão como no inverno, para auxiliar no sistema de arrefecimento do motor. Mas é preciso usar os produtos especificados no Manual do Proprietário.

# O compartimento do motor deve estar sempre limpo, sem resíduos de óleo ou fluidos, para evitar "cozimento" das peças. 
 
Com estes cuidados, o motorista e sua família podem cair na estrada e aproveitar a estação mais gostosa do ano. Não esquecendo de levar o protetor solar, não ficar torrando ao sol o dia todo, respeitar as leis de trânsito e, claro, nunca dirigir depois de beber.

sábado, 7 de dezembro de 2013

GAECO denuncia 61 por desvio de dinheiro no Hospital Regional


Entre os denunciados, estão um ex-prefeito e
o atual vice-prefeito do município
 
Investigação teve início após denúncia do
ex-secretário de Saúde, Geraldo Macedo
O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) - Núcleo Sorocaba ofereceu na tarde desta sexta-feira (6), ao Juízo da 2ª Vara Criminal de Itapetininga, denúncia criminal contra 61 pessoas indiciadas na investigação conhecida como “Operação Atenas” e que apurou um intrincado esquema de desvio de dinheiro público do Hospital Regional de Itapetininga. A informação foi divulgada em nota publicada no site do Ministério Público de São Paulo.
Segundo o GAECO, os denunciados são empresários, dirigentes de Organizações Sociais (OS) e de Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), médicos e agentes públicos, dentre os quais ex-Prefeito de Itapetininga, atual Vice-Prefeito, e ex-Secretários municipais. Os crimes atribuídos aos envolvidos são de formação de quadrilha, fraudes em licitações, peculato e corrupção passiva e ativa.
A investigação concluiu que foram desviados pelo menos R$ 7,5 milhões da verba da saúde pública de Itapetininga, por meio das empresas dos denunciados. De acordo com a denúncia, os responsáveis pela OSCIP Sistema de Assistência Social e Saúde (SASS), que administrava o Hospital Regional de Itapetininga, montaram empresas de fachada que emitiam notas fiscais correspondentes a serviços nunca prestados ao Hospital. O esquema também envolvia a emissão de notas fiscais superfaturadas.
Na operação que desmantelou o esquema, no ano passado, 10 pessoas foram presas e, em poder de uma delas, foi apreendida uma mala com R$ 1 milhão em dinheiro, além de dólares e euros. Há nos autos notícia do recebimento de suborno por parte de um parlamentar e de um Prefeito de município do interior, motivo pelo qual o GAECO – Núcleo Sorocaba remeterá à Procuradoria-Geral de Justiça cópia integral da investigação para as providências de sua alçada.
 
História
A investigação do MP começou após denúncia do ex-vice-prefeito e secretário de Saúde, Geraldo Macedo, no final de agosto de 2011. Na época, ele disparou o mais duro ataque já sofrido pela administração municipal, denunciando supostas irregularidades na gestão do Hospital Regional, gerenciado pelo SASS. Entre as denúncias, estava o repasse de recursos a empresas de consultoria, que pertenceriam a diretores do SASS. As denúncias foram feitas durante sessão do Legislativo local.
O então vice-prefeito relatou ainda desmandos administrativos que vinham ocorrendo em sua secretaria, com o objetivo de desgastá-lo politicamente. “Quando assumi a saúde, alguns amigos me disseram que o prefeito queria me queimar e eu acho que foi isso mesmo. Uma fritura usando um maçarico”, acrescentou o ex-secretário. Logo no início de sua exlanação, Geraldo Macedo deixou claro que não estava para meias palavras. “Roberto Ramalho é um tirano ingrato que não aceita opiniões divergentes. Ele não é democrático”, afirmou o ex-secretário, “se pudesse me exonerar do cargo de vice-prefeito, que foi me dado pelo voto do povo, ele o faria”.
Ainda segundo Macedo, várias ações do prefeito obstruíram sua gestão frente à secretária, como a nomeação de funcionários exonerados por ele em outra pasta. Entre os motivos da exoneração, estava o fato dos funcionários receberem sem trabalhar, de acordo com o ex-vice-prefeito. Geraldo Macedo criticou o que chamou de herança recebida quando era titular da pasta da Saúde: a realização de pagamentos sem o empenho. Fato que, de acordo com ele, ocorria desde 2009. “Eu herdei R$ 17 mil e a ex-secretária Regina (Soares), R$ 400 mil. Macedo lembrou que nenhum pagamento da administração municipal pode ser feito sem o devido empenho.
Durante sua fala aos vereadores e público presente (com o plenário lotado), o então vice-prefeito mostrou um relatório administrativo com mais de 200 páginas o qual, segundo ele, com base em orientações do Tribunal de Contas do Estado, recomenda que o convênio com o SASS não seja renovado. “Mesmo assim, o prefeito o renovou até 2013”, disse. Durante sua fala, Macedo confirmou que encaminhou cópias dos documentos ao GAECO, grupo especializado ao combate ao crime organizado e ao Ministério Público, pedindo providências. Esses documentos serviram de base para que o MP iniciasse uma investigação, que culminou com agora com a denúncia contra 61 pessoas.
 
Prefeito se defende

            As denúncias de Macedo caíram como uma bomba no Paço Municipal. No começo do mês de setembro de 2011, Roberto Ramalho (foto) compareceu à Câmara local, para se defender dos ataques de Macedo; na ocasião, o prefeito também respondeu à perguntas dos vereadores. “Vim aqui em respeito aos senhores e responder com tranqüilidade. Não podemos impedir as pessoas de fazer comentários e de usar eleitoralmente essas questões”, disse o chefe do Executivo, atribuindo um caráter eleitoral às declarações de Geraldo Macedo.
            Sobre as denúncias envolvendo a administração do Hospital Regional, a cargo do SASS (Sistema de Atendimento Social e Saúde), Ramalho disse que o problema “foi levantado pela equipe da prefeitura”. Sobre a dívida que o município teria com a instituição, o prefeito afirmou que “O SASS fez mais serviço do que foi contratado e a prefeitura estava passando dinheiro aquém das necessidades. “Então tem a dívida. Tudo é bem transparente”.
            De acordo com Roberto Ramalho, a dívida era de R$ 4 milhões na época da renovação do contrato com a entidade. Contrato este que não deveria ser renovado, na avaliação de Geraldo Macedo, na época secretário da Saúde do município. “Todo processo que assinamos passa por avaliação do secretário e quando chega ao prefeito é para as providencias necessárias para a renovação”. O contrato com o SAS encerrou-se em setembro de 2012.
            Sobre a realização de pagamentos sem empenho, outra acusação feita por Macedo, e que teria deixado uma dívida de mais de R$ 400 mil, Ramalho informou que “não é possível pagamento sem empenho, cabe ao secretário reconhecer ou não a dívida; se não reconhecer, pode abrir um processo administrativo, pois tem autonomia para isso”.
            O então prefeito não comentou os ataques pessoais feitos por Geraldo Macedo, que o chamou de “tirano ingrato”. “Não vou me ater a discussões desta ordem; quem me conhece sabe que sou democrático e paciencioso. Delego praticamente para todos os secretários”. O chefe do Executivo lembrou que sua gestão elaborou mais de 100 projetos novos, destacando o atendimento ao idoso, “o que poucas cidades no Brasil têm”. Ele admitiu, porém, que “não é possível atender a todos os interesses”.
            Por fim, Roberto Ramalho rebateu a afirmação de Macedo de que investe pouco mais de 15% no Saúde. “De acordo com o relatório do Tribunal de Contas do Estado, Itapetininga investe 24,9% de seu orçamento na área da Saúde”. “Ninguém compactua com irregularidades, mas existem os meios adequados para se tomar providências. Qualquer secretário que se assumir como candidato a prefeito deve deixar o cargo. Este foi o motivo da exoneração (de Macedo). Não deixo me levar pelas questões pessoais – não é por aí – não é bom pra o município”, declarou Ramalho.


terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Campanha arrecada brinquedos para crianças carentes


Objetivo é atender crianças com idades entre três e 12 anos

           
Faça a diferença neste Natal
Encerra-se na próxima quinta-feira, 5, a arrecadação de brinquedos e doces para a Campanha em Prol das Crianças Carentes. O evento é uma iniciativa da corretora de imóveis Viviani Souto Camargo. Este ano, a distribuição de doces e brinquedos arrecadados será feita na escola José Lauro Ferreira (bairro da Varginha), na próxima segunda-feira, dia 9, beneficiando também crianças do bairro São Roque.
            Quem quiser colaborar, oferecendo doces ou brinquedos novos ou usados, pode deixar a doação na Capital Imóveis (avenida Francisco Válio, 618, no centro). Mas é bom correr, pois o prazo para entrega encerra-se na próxima quinta; depois disso, os presentes e doces serão devidamente embrulhados para presente.
 
História
Viviani Camargo conta que decidiu arregaçar as mangas e fazer um natal diferente em 2008, ajudando um grupo de amigos que já arrecadava presentes para o Natal de crianças carentes. “Foi então que eu busquei os meus amigos na época, não muito distante, do ORKUT e nos anos seguintes resolvi formar o meu grupo de amigos e ajudar alguma entidade ou bairro”, lembra Viviani.
Desde então, ela não parou mais de desenvolver a campanha, sempre contando com a ajuda de familiares, amigos e colaboradores. Em edições passadas, a campanha chegou a mobilizar cerca de 500 pessoas, passando por 11 bairros da cidade.
Viviani faz questão de dizer que o brinquedo pode ser novo ou usado, desde que este esteja em condições para a criança brincar. “Pode ser também todo tipo de guloseimas (Saco de bala, de chiclete, pirulito, chocolate, bolacha) enfim o importante é a sua ajuda, pois se todos contribuírem, conseguiremos fazer um NATAL mais feliz para essas crianças”, afirma corretora. Segundo ela, o objetivo é atender crianças com idades entre três e 12 anos. “Sempre acreditei que ão podemos ficar de braços cruzados diante das necessidades dos outros. As pessoas precisam ter iniciativa”, conta Viviani, “como podemos ver o mundo como está e não fazermos nada? Precisamos fazer a nossa parte”, completa a corretora, que é casada e mão de duas filhas. Portanto, se você puder ajudar, não fique de braços cruzados. Faça a diferença neste Natal.

sábado, 23 de novembro de 2013

Diocese celebra festa de Cristo Rei


Não haverá missa nas paróquias neste domingo pela manhã
A comunidade católica de Itapetininga celebra neste domingo, dia 24, a Festa de Cristo Rei. As solenidades acontecem a partir das oito horas da manhã, no Recinto de Exposições Acácio de Moraes Terra. Na oportunidade, haverá também o Encontro das Comunidades, com a participação de fiéis, religiosos e padres de toda a Diocese, razão pela qual não deve haver missa nas paróquias do município e Região na manhã de domingo.
Segundo a programação do evento, será celebrada missa com a participação do bispo diocesano, dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto, na abertura das festividades, às 8 horas, no recinto de exposições. Na parte da tarde, às 14 horas, está previsto show com Frei Zeca, da Diocese de Lins, marcando o encerrando das comemorações.
 
O que é a festa
A festa de Cristo Rei foi criada pelo papa Pio XI em 1925. Instituiu que fosse celebrada no último domingo de outubro. Agora, na reforma litúrgica passou ao último domingo do ano litúrgico como ponto de chegada de todo o mistério celebrado, para dar a entender que Jesus Cristo é o fim para o qual se dirigem todas as coisas. A festa também celebrada mártires que foram perseguidos por serem católicos e proclamarem o amor a Cristo Rei.
 
Fonte: site www.catequisar.com.br

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Cidade tem chuva forte no fim de tarde

O tempo fechou em Itapetininga neste fim de tarde (foto) e uma forte chuva cai neste instante na cidade, inclusive com a ocorrência de granizo e ventos fortes. A volta para casa dos itapetininganos pode ficar complicada. Segundo o site Climatempo, a temperatura na cidade hoje ficou entre 21º (mínima) e 28º (máxima). A previsão é de que a chuva continue nesta sexta-feira, quando deve chover durante todo o dia e a noite, mas a temperatura recua um pouco, com a máxima na casa dos 23º e mínima de 19. O volume de chuva deve aumentar, passando dos 10mm de hoje para 12mm.
            Já para o final de semana, a previsão é de garoa no sábado pela manhã e a tarde. No domingo, a temperatura volta a subir, com a máxima chegando a 27º. Não deve chover. O calor continua na segunda-feira, com a máxima ficando na casa dos 28º.

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Saiba se preparar para vender mais no Natal

Aproveitar esta época do ano para impulsionar as vendas, conquistando novos clientes e mantendo o ritmo também no período pós natalino, quando ocorrem muitas trocas de mercadorias. Estas são algumas dicas que o consultor Marcelo Alciati (foto) abordará logo mais em seminário que acontece a partir das 19 horas, na Associação Comercial de Tatuí.
Com mais de 10 anos de atuação na área, Alciati lembra que "neste período as pessoas estão com mais pressa, mais exigentes, buscam presentes para diferentes tipos de pessoas no mesmo momento e na mesma loja. E, quase sempre deixam tudo para ultima hora. Por isso a atenção deve ser redobrada quando se trata em atender pessoas. Qualquer deslize pode fazer com que o cliente vá a outro lugar, outra cidade inclusive. É preciso gostar de gente, estar atento ao cliente e ao que ele fala. Por isso, nessa época do ano, é importante praticar algumas regrinhas básicas de atendimento e ser multifuncional, pois muitas vezes as lojas ficam lotadas e o profissional de vendas tem que ser ágil sem deixar as boas práticas de venda esquecidas”.
Para reforçar o que muitos profissionais de vendas já sabem, o consultor mostrará o que é uma venda, como melhorar profissionalmente todos os dias, o que o cliente espera ao ser atendido e como aproveitar o período de trocas para vender mais.
As vagas são limitadas e mais informações podem ser obtidas na Associação Comercial de Tatuí.

sábado, 16 de novembro de 2013

Campanha quer estimular consciência no trânsito


Evento começa neste domingo, com exposição itinerante

 
            Com o problema de alertar e discutir a questão da falta de consciência no trânsito, a campanha Atitude que Salva Vidas tem início neste domingo, 17, a partir das oito horas, com exposição itinerante na avenida Peixoto Gomide. A partir de segunda-feira, 18, e até o próximo dia 29 deste mês, haverá palestras na Câmara de Itapetininga, sempre a partir das 19 horas.
            A iniciativa da campanha é da médica e vereadora Maria Lúcia Haidar e conta com o apoio da Câmara local, Policia Militar, Guarda Municipal, SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), o Corpo de Bombeiros, a Polícia Rodoviária, a Policia Civil e a CCR SPVias.
 
Temas
            Além da exposição itinerante de painéis que acontece amanhã durante a Feira Livre da avenida Peixoto Gomide, a campanha abordará temas como: álcool e direção; uso do celular enquanto dirige: velocidade acima do permitido: sonolência; veículos sem manutenção; o não respeito aos sinais de trânsito; o não uso do cinto de segurança, inclusive no banco traseiro; discussões no carro, isso tira a atenção do motorista, entre outros assuntos
 
Palestras
O evento contará com palestras ministradas por autoridades e especialistas em trânsito. No dia 19/11 haverá a palestra da Guarda Municipal de Itapetininga e do SAMU de Itapetininga, com o título “Motociclismo, vida em risco constante”, no dia 26/11 a palestra será dos engenheiros da CCRSPVias Carlos Costa e Luiz Fernando de Donno, sobre “Conscientização e Segurança no Trânsito”, no dia 27/11 haverá o debate aberto ao público “Trânsito, uma questão de Vida” (transmitido pelo canal 99) e o encerramento será no dia 29/11 com a palestra “Bebida Mais Direção, uma combinação Perigosa”, com Manoel Fernandes, da ONG “Não Foi Acidente”.
 
Vítimas
Cartazes colocados na esquina onde
o garoto Matheus Mariotto morreu
O terceiro domingo do mês de novembro foi escolhido em resolução da ONU (Organização das Nações Unidas) como o dia dedicado à memória das vítimas da violência no trânsito. Em 2013, o dia 17/11 é a data escolhida em homenagem aos nossos entes queridos que perderam suas vidas, bem como, para os que estão vivos porque a imprudência está cada dia maior: No Brasil em 2012, segundo o Observatório Nacional do Trânsito, houve mais de 60 mil mortes no trânsito.
Estimativas da OMS (Organização Mundial da Saúde) indicam que 1,3 milhões de pessoas morrem anualmente no trânsito e que até 2030 esse número suba para 2,4 milhões, sendo que 62% das mortes no trânsito, de acordo com a OMS, concentram-se em 10 países – Índia, China, Estados Unidos, Rússia, Brasil, Irã, México, Indonésia, África do Sul e Egito.
Recentemente a população de nossa cidade ficou indignada com a trágica morte do jovem Matheus Mariotto, de apenas 14 anos. Para tanto, o evento pretende também tratar deste importante assunto, de forma a alertar a comunidade para que outras famílias de nossa cidade não sejam vítimas desse tipo de acontecimento.

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Cine Sesi apresenta mostra de filmes alemães

O Sesi de Itapetininga apresenta a partir de hoje uma mostra de produções alemãs de cinema contemporâneo. A mostra faz parte do projeto Cine Sesi no mundo e trará, até o próximo dia oito de dezembro, filmes da nova safra do cinema alemão.
Nesta quinta, véspera de feriado, será exibido Minhas Mentiras, Meu Amor. produção de 2009 legendada em português. O filme conta a história de um garçom que se apaixona por uma estudante de literatura. Para conquistar a garota, ele se faz passar por um escritor, assumindo a autoria de um livro. Tudo vai bem até que o suposto autor do romance aparece. A história apresenta então mais uma surpresa. Produção digital com 108 minutos, o filme não é recomendado para menores de 14 anos. A sessão começa às 19h30. A mostra terá ainda mais três filmes, com exibição marcada para os dias 22 deste mês (19h30), primeiro de dezembro (16h) e 4/12 (19h30).
 

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Hiram Júnior reabre farmácia Municipal

Setor está funcionando de segunda a sexta, das 7 às 17 horas
 
O prefeito em exercício de Itapetininga, Hiram Júnior (foto), reabriu a Farmácia Municipal na última segunda-feira, em evento aberto às autoridades, entre eles secretários municipais e vereadores. Desde terça-feira, a farmácia está atendendo a população normalmente, segundo nota enviada pela assessoria de imprensa da Prefeitura.
Conforme a administração municipal, uma lista de medicamentos de manipulação foi elaborada e aprovada pelo Conselho Municipal de Saúde.
A Farmácia está aberta de segunda à sexta, das 7h às 17h com uma estrutura física adequada, mais farmacêuticos, prestando assim um atendimento especializado a população.
A Prefeitura ressalta que apenas 30% dos medicamentos distribuídos eram produzidos pela Farmácia Municipal de manipulação. O restante dos medicamentos são provenientes de programas dos Governos Estadual e Federal. Com a nova estrutura, a Prefeitura fará a compra direta desses 30% de medicamentos que eram produzidos, até que os usuários estejam cadastrados para receberem os remédios dos Governos Estadual e Federal.
A Prefeitura informou ainda que prevê reabrir os Postos de Saúde até o final desta semana.

sábado, 9 de novembro de 2013

Pequenos e furiosos

Tecnologia permite potencializar rendimento de motores

 
Mercedes CLA 45
Com o avanço da tecnologia, as montadoras estão conseguindo elevar a performance dos motores "pequenos", como os 2.0. Com isso, carros compactos e médios passam a ter desempenho de esportivos.
Conhecida inicialmente como preparadora dos automóveis da marca alemã, a AMG atualmente realiza muito mais, e praticamente monta automóveis novos, a partir dos modelos de fabrica.
 

O CLA 45 AMG, que chega ao Brasil neste mês de dezembro e o compacto A45 são exemplos do que a nova tecnologia pode fazer. Com 360 cavalos de potência, 150 a mais do que o modelo original, o CLA voa na pista, fazendo de 0 a 100km/h em menos de cinco segundos, mesmo tendo um motor 2.0, ou seja, um motor comum em muitos carros atualmente. A versão de corrida (AMG Racing Series) foi apresentada pela Mercedes em sua sede, na cidade de São Bernardo do Campo, na última semana. O modelo inaugura uma nova categoria de competição no Mercedes Challenge. O carro conta com transmissão com dupla embreagem, câmbio de sete marchas preparado para competição e tração integral.
CLA 45 Racing Series
 
Mais impressionante ainda é o compacto A45, que também usa o mesmo motor, só que com 204 cavalos a mais do que o Classe A, modelo de entrada da marca. Com tração integral, o compacto possui ótima estabilidade, proporcionada pela tração integral. É um carro que passa fácil dos 200 km/h. E por esta razão não é para qualquer um.
Outra montadora alemã, a Audi, aposta na tecnologia para lançar um superesportivo elétrico: o R8 E-tron, com 400 cavalos de potência, que são despejados instantaneamente por dois motores elétricos nas rodas traseiras. O Controle de tração inteligente garante a estabilidade e o aproveitamento de toda a cavalaria, mas não impede que o motorista afunde no banco em arrancadas mais fortes. Sem eixo contínuo, o carro possui 500 kg de baterias, colocados no meio do automóvel. Além do desempenho, a dirigibilidade e o silêncio do carro surpreendem. A Audi ainda se deu ao luxo de desenvolver freios especiais, que aproveitam a energia das frenagens para recarregar as baterias. Se você pensa em ter um carro desses, é melhor correr: só foram fabricadas 10 unidades.
 
Texto: Marco Antônio
Fotos: Marconews; site carplace (uol)
 

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Mudanças no trânsito causam transtornos

Alterações surpreenderam motoristas e pedestres;
tarifa de ônibus sobe para R$ 1,90

Veículos parados na rua Cel. Afonso
As mudanças no trânsito na área central de Itapetininga surpreenderam muitos motoristas e pedestres nesta quarta-feira, dia 6. Foi o primeiro dia de intenso movimento, após os feriados de Finados (dia 2) e do aniversário de Itapetininga (comemorado ontem, dia 5). Também foi o dia em que a empresa de transporte Rosa, vencedora de licitação realizada em 2012, assumiu o transporte coletivo no município, substituindo a Empresa de Ônibus Circular Nossa Senhora Aparecida, que há mais de 40 anos operava no município.
Além das mudanças no trânsito, como a alteração da mão de direção em algumas ruas, como o trecho da Monsenhor Soares entre as ruas Barbosa Franco e Coronel Afonso, e a instalação de um semáforo de três fases no cruzamento da Coronel Afonso com a rua Cel. Pedro Dias Baptista, os itapetininganos foram surpreendidos com o reajuste da tarifa, que passou de R$ 1,75 para R$ 1,90 na área urbana. Para os bairros rurais, porém, o preço varia de R$ 2,80 (para o distrito do Gramadinho, por exemplo), até R$ 7,85, valor cobrado para quem vai até o Turvo dos Rodrigues ou o bairro dos Claros.
Longas filas se formaram no semáforo do cruzamento da Coronel Afonso com Pedro Dias Baptista. Na parte da manhã, a fila de carros era  praticamente da extensão do quarteirão. O fato do equipamento ser de três fases também resultou em transtornos, confundindo motoristas e dificultando a travessia de pedestres, que não sabiam qual o momento certo para atravessar.
 
Terminal
 
A entrada em operação de um terminal de ônibus, também na rua Coronel Afonso (atrás das escolas) também contribuiu para aumentar a confusão. Passageiros reclamaram da falta de informações sobre as novas linhas e da necessidade de se fazer baldeação. No escritório da empresa, uma enorme fila se formou para a compra do vale-transporte (foto). Para muita gente, a quarta-feira teve cara de segunda-feira em uma grande metrópole.
O Marconews enviou, através de e-mail, perguntas para a assessoria de imprensa da Prefeitura, solicitando informações sobre as mudanças e se estão previstas outras alterações. Até o fechamento desta matéria, entretanto, a administração municipal ainda não havia respondido ao e-mail.
 
Texto e fotos: Marco Antonio

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Empresária conta como foi acidente no shopping


“Não deu tempo para nada”, contou Sandra Canal,
que passeava no shopping com a filha
 
Mulher recebe atendimento após
ser atingida por placas de gesso
            Alguns estalos momentos antes de parte do acabamento em gesso do teto da praça de alimentação do Itapetininga Shopping desabar. Foi o que a empresária Sandra Canal ouviu. Ela escapou com ferimentos leves (alguns arranhões nos braços), mas uma mulher foi atingida pelas placas de gesso e ficou inconsciente, sendo socorrida por uma equipe do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhada a um hospital particular. Ela passa bem. A administração do shopping informou que está prestando assistência à vítima.
            O acidente aconteceu em um horário de grande movimento, na tarde desta terça-feira, 5. Como é feriado municipal devido ao aniversário de Itapetininga, o shopping estava lotado. “Houve gritaria e a gente não sabia se iria cair mais alguma coisa”, lembra Sandra Canal. Ela informou que deverá passar por exames médicos nesta quarta-feira. Sua filha, Maialú, não se feriu. Veja agora o relato da empresária.
            “Por volta das 14h, eu e Maia fomos ao shopping para almoçar, escolhemos o Burger King e quando chegamos, percebi que tinha perdido meus óculos; a Mainha voltou para o carro e eu fiz os pedidos, quando ela voltou com meus óculos a moça tinha me dado uma só bandeja para os dois lanches, pedi uma segunda bandeja e separamos os lanches”, lembra a empresária.

            Segundo ela, neste momento sua filha foi até a máquina pegar refrigerantes. “Foi o que nos salvou. Nesse momento a Maia se virou para a máquina de refri (sic) e eu ouvi uns estalos, olhei para cima e vi que algo estava caindo do teto, mas não deu tempo para nada, por um segundo tive a consciência de que era um desabamento, mas não deu tempo de nada, quando vi, a Maia já tinha me puxado para fora..a bandeja de minha mão ficou lá, minha bolsa também, detonada”.
Com a queda das placas de gesso
parte do telhado do shopping ficou exposta
            Houve gritaria e muito susto. Em seguida, Sandra Canal lembra que os seguranças do shopping cercaram e isolaram o local, impedindo que as pessoas se aproximassem. “Eu fiquei meio tonta e só pensava na mulher que estava no chão caída e imóvel. Rezei por ela”, revela a empresária, acrescentando que “depois de um tempo, nós vimos que a mulher estava se mexendo, algum tempo depois os bombeiros chegaram e a colocaram na maca, ela estava consciente”.
 
Arranhões
            A empresária sofreu ferimentos leves. ”Um pedaço de gesso acho...pegou de raspão, tive arranhões nos dois braços”. Ela foi embora, mas registrou o caso em boletim de ocorrência e deverá passar por exames médicos nesta quarta-feira.
 
Mensagem
Em sua página em uma rede social, a empresária postou a seguinte mensagem: Queridos amigos, estou bem…em casa, descansando…Foi um tremendo susto! Tudo aconteceu muito rápido. Graças a minha amada filha, Maialú, que me ajudou, me deu apoio, e, me acolheu naqueles primeiros segundos, nem me lembro como sai daquele lugar…e, como não agradecer a Deus e ao meu Anjo da Guarda, que me guardou, mesmo! Agradeço ao meu marido e companheiro, Ivo Canal, que mesmo distante, não me deixou sozinha. Agradeço a todos os amigos que me ligaram, preocupados…Bjs. em todos...
 
Perícia
            Segundo o site G1, um exame preliminar realizado por peritos do Instituto de Criminalística (IC) ainda nesta terça não encontrou problemas estruturais no local do acidente. De acordo com o site, o que foi possível constatar nesta primeira avaliação é que não se trata de um problema na estrutura do prédio. “Ainda não podemos dizer o que realmente causou o acidente, mas já sabemos que não se trata de problemas ligados a estrutura e sim relacionado ao acabamento”, afirmou o perito Jorge Isaac. O engenheiro responsável pela construção do shopping, Antônio Arantes Galvão Junior, também afirma que o que caiu foram placas de gesso. “Nós concordamos com a perícia e sabemos que o que caíram foram as placas de gesso. É importante ressaltar que não há perigo de outras partes caírem também”, disse Galvão ao G1.
 
Texto: Marco Antonio
Fotos: Maialú Canal